[ad_1]

As demissões de jornalistas na Globo foram condenadas pela Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ), que já solicitou uma reunião emergencial para tratar desse assunto.

Em seu site oficial, a organização denunciou que houve demissões em várias áreas do Grupo Globo motivadas por preconceito de idade, conhecido como etarismo.

Durante a reunião com os profissionais da emissora, o Sindicato dos Jornalistas de São Paulo enfatizou sua postura contrária a qualquer forma de demissão, defendendo a resistência coletiva ao que considera ser uma verdadeira ameaça à profissão. Este é um trecho da declaração emitida pelo Sindicato.

“Fica evidente também a posição etarista da empresa, com a demissão sumária de profissionais com décadas de experiência”

Uma sequência de desligamentos em grande escala tem ocorrido na emissora desde a última terça-feira.

A dispensa dos funcionários teve início no Rio de Janeiro e, posteriormente, profissionais de São Paulo, Recife, Brasília e Belo Horizonte também foram demitidos.

Alguns critérios são considerados pelos gestores na elaboração das listas de demissões, como identificar funcionários com salários elevados, aqueles que possuem um plano de saúde distinto do novo modelo e também aqueles que recebem bônus por participação.

Pessoas de renome, como Giuliana Morrone, César Galvão e Fabio Turci, foram dispensadas.

A FENAJ pretende se organizar e estabelecer um canal de comunicação com a Globo a fim de impedir as demissões.

A Globo foi questionada sobre a posição da FENAJ, mas não forneceu comentários. Entretanto, o espaço continua disponível para que se manifeste. Em uma nota enviada ao Splash previamente sobre as dispensas, a emissora explicou:

“A Globo, assim como as demais empresas de referência do mercado, tem um compromisso permanente com a busca de eficiência e evolução, mas lamenta quando se despede de profissionais que ajudaram a escrever e a contar a sua história. Isso, no entanto, faz parte da dinâmica de qualquer empresa.”

 

[ad_2]

Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *