[ad_1]

A Nespresso, renomada marca de café do Grupo Suíço Nestlé, fez parceria com a Zèta, marca europeia de moda sustentável e vegana, para criar os tênis lançados este ano.

De acordo com um relatório da Future Market Insights, o mercado global de calçados veganos está projetado para atingir US$ 76,3 bilhões até 2030, crescendo a uma CAGR de 8% durante o período de previsão (2022-2030). As razões para esse crescimento são um número crescente de pessoas adotando o veganismo, crescentes preocupações ambientais entre os consumidores e regulamentações e regulamentos governamentais sobre o uso de substâncias sintéticas em produtos.

O tênis feito com borra de café

A parte superior e a sola do sapato contêm 12 cápsulas Nespresso e os elementos são feitos de material sintético vegano. Além disso, este produto é feito com 80% de materiais reciclados e sustentáveis, incluindo plásticos mediterrânicos, cortiça, látex e borracha.

“Minha visão para a Zèta era criar tênis elegantes para amantes da moda com consciência ecológica. Para esta coleção, os designers de tecidos da Tintex passaram oito meses aperfeiçoando um inovador tecido sintético vegano feito de borra de café reciclada. RE:GROUND incorpora nossa colaboração com a Nespresso, um sapato chique e cheio de estilo que celebra o valor do café e as virtudes da circularidade”, disse Laure Babin, CEO da Zèta.

A Tintex é uma empresa que fabrica malhas circulares inovadoras. Outra empresa que trabalhou neste projeto foi a Rudis Footware, uma fábrica portuguesa de calçado. O tênis é uma edição limitada enquanto durarem os estoques e vem em três cores: Ristretto, Cappuccino e Latte, com nomes inspirados no café.

“Zèta é uma grande start-up que combina estilo e sustentabilidade. O compromisso da marca com uma economia circular significa que está na vanguarda da criação de novo valor a partir de resíduos e com espírito de inovação a coleção RE:GROUND da Zèta vai encantar os fãs de café e moda”, comentou Guillaume Le Cunff, CEO da Nespresso.

O tênis está disponível no e-commerce da Zèta por € 155. Esta marca de moda sustentável não envia internacionalmente para minimizar sua pegada de carbono, então eles enviam para a Europa.

Calçados sustentáveis no Brasil

Apesar de não haver sapatos Nespresso no país – o comunicado diz que eles não são vendidos aqui – o país já possui várias marcas de calçados duráveis.

Para citar alguns, há a Linus, marca de sandálias que oferece produtos veganos feitos de PVC ecologicamente correto microexpandido, e a Insecta, empresa de calçados veganos e reciclados cujos sapatos são feitos de materiais que podem incluir garrafas PET recicladas, como bem como uma boutique. roupas, tecido, por ex. Além disso, também está representada no mercado brasileiro a Ahimsa – marca que desenvolve calçados sem crueldade animal e com desenvolvimento sustentável.

Nos últimos meses, também foram lançados nesse mercado os calçados Renner com corte de uva, feito com sobras de ingredientes não utilizados na indústria de vinhos ou sucos, e a marca Melissa, que lançou tênis com cana-de-açúcar.

Por isso vemos uma busca pelo desenvolvimento sustentável no tênis, que leva a uma moda que prioriza o bem-estar do consumidor e a natureza.

[ad_2]

Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *