[ad_1]

No dia a dia, é comum que a população aja, frequentemente, com hábitos considerados sustentáveis, tais como reciclar o lixo de forma correta (metal, alumínio, papel), por exemplo. Mas, agora, essa “consciência ambiental”, cada vez mais, invade o mercado hoteleiro. E isso começou a acontecer, principalmente, após a pandemia da Covid 19. Vale ressaltar que todas essas medidas, colocadas em prática, possuem, apenas, um foco: a preservação da fauna e da flora.

Com relação ao desenvolvimento sustentável, Sávio Ferreira, Gerente Geral da Pousada Porto Imperial, em Paraty (RJ), diz: “Sustentabilidade é o equilíbrio entre o impacto de nossas ações no meio e o quanto este meio pode ser recuperar mantendo ainda a oportunidade de continuarmos extraindo beneficios dele”.

Quais as vantagens?
Economia e qualidade, as principais. Os produtos sustentáveis são menos tóxicos para os homens e para a natureza. Por isso, produzir menos resíduos economiza em todos os sentidos e ter uma planta solar, incentiva menos o uso a ‘longo prazo’ de usinas termoelétricas, baseadas em carvão.

Sávio, ainda, explica que o que motivou a equipe da Porto Imperial a investir em sustentabilidade, se refere às questões econômicas. “Energia limpa, uma menor produção de resíduos, produtos ecológicos e demais benefícios. Ademais, vamos nos adaptar a novos tempos”, acrescenta ele.

 

Processos eficientes, adotados na pós sustentabilidade. “Redução de amenities, troca dos tradicionais sabonetes e os líquidos, que vinham em frascos de plástico, por dispensers fixos; menos uso de água, com o trabalho de conscientização; a inclusão da pousada em uma fazenda de produção energética através de painéis solares”, finaliza.

[ad_2]

Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *