[ad_1]

– Advertisement –

Boa notícia para quem pretende fazer compras na Disney e trazer aquelas maravilhosas lembranças a cota para compras trazidas do exterior, que antes era de $500 dólares agora e 1000 dólares para cada viajante sem ter que pagar imposto.

O decreto já está valendo e foi publicado no Diário da União dia 31 de Dezembro. Ele não exclui a cota para compras no freeshop, que desde Janeiro de 2020 é de $1mil dólares por viajante, como contamos aqui.
A nova cota vale para todos os produtos trazidos na bagagem e que não são isentos de impostos. Além dessa cota, é possível trazer sem pagar imposto os chamados produtos de uso pessoal, que de acordo com a Receita Federal são os seguintes:

1 celular (fora da caixa e ativado)
1 relógio
1 câmera fotográfica (qualquer tipo, seja uma tradicional ou uma profissional)
Roupas e livros, desde que compatíveis com o destino e duração da viagem.

Quem exceder a cota permitida precisa declarar os bens excedentes e pagar um imposto de 50% do valor que passa dos US$1000 dólares. Caso essas compras a mais não sejam declaradas e você for parado por um fiscal da Receita na volta ao Brasil, prepare o bolso porque além do imposto de 50%, ainda precisará pagar mais 50% de multa em cima do mesmo valor.

A cota é intransferível e mensal, então caso você faça mais de uma viagem internacional por ano, desde que não seja em um mesmo mês poderá usufruir da cota mais de uma vez.

Agora finalmente poderemos trazer aquelas coleções maravilhosas e encantar o Brasil com muita magia Disney.

 

 

 

💡 | Source by: @calonecosta&cia
👨🏻‍💻 | Story by: @ellencalone
🎥 | Created by: @creatorholders
🎬 | Produced by : @calonebrasil @calonefilm
📃 | Credits by: @croyalmerchandisers


Grupo Calone®️ Todos os direitos reservados. DBIPro©️ Copyright 2022.

– Publicidade –



[ad_2]

Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *