[ad_1]

Brasileiros festejam a data de um dos estilos mais populares da música

O Live Aid foi um megaevento beneficente que aconteceu em 1985, ocorrendo simultaneamente em Londres, na Inglaterra; na Filadélfia, nos Estados Unidos e em outras cidades ao redor do mundo. Participaram bandas como Queen, Led Zeppelin, U2, além de nomes como Bob Dylan, Phil Colins entre outros. Colins, por sinal, expressou o desejo de tornar o 13 de julho, a partir daquele instante, o Dia Mundial do Rock. No entanto, a sugestão foi acatada somente no Brasil. Nos anos de 1990, duas rádios de São Paulo, 89 FM e a 97FM, começaram a tratar essa data como Dia Mundial do Rock, que foi abraçada pelos ouvintes primeiramente e, depois, pelos brasileiros. Vale destacar, por exemplo, que os norte-americanos celebram em duas oportunidades: no dia 5 de julho, por conta da música That’s All Right, gravada por Elvis Presley, em 1954. No dia 9 de julho, em alusão ao programa de tevê American Bandstand, do apresentador e produtor Dick Clark, que popularizou o estilo musical no país.

Rosetta Tharpe: a mulher que inventou o rock
As origens do rock nasceram da mistura de vários estilos musicais, como a união do Blues e o Gospel e também de R&B e Jazz. O Rock surgiu nos anos de 1940, com a cantora gospel Irmã Rosetta Tharpe (foi uma das primeiras mulheres a tocar guitarra no começo do século XX). Hoje, o Podcast Aquele Som lança um episódio especial com a história do Rock e conta sobre a chegada de Rosetta Chicago e o encanto pelo Blues e o Jazz. Em 1944, a irmã gravou a primeira canção de rock no mundo, chamada Strange Things Happening Every Day. Para essa música, ela pegou uma música antiga tradicional entre os afro-americanos, do ritmo chamado Spirituals, e fez um arranjo com uma pegada que mistura Gospel e Blues, de maneira mais acelerada. Depois que o rock se tornou popular nos anos de 1950, Rosetta comentou que não via diferença entre o estilo e uma versão mais rápida do R&B. “Ah, esses garotos e o Rock’n Roll. É só Rhythm and Blues (R&B) tocado mais rápido. Eu toco isso desde sempre”, disse à época. Rosetta faleceu em 1973. Anos depois da morte dela, a cantora recebeu o devido reconhecimento pela rica contribuição na música mundial. Em 2018, Tharpe entrou para o Hall da Fama do Rock’n Roll, em Cleveland.

O episódio está incrível e pode ser conferido no link: https://open.spotify.com/episode/4tlSLqo59BrBkW6XV1yj8q?si=6db58672d1da43a2

[ad_2]

Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *