[ad_1]

De acordo com resultados de um teste intermediário feito pela Moderna, a vacina para o tratamento do câncer produzida pela empresa auxiliou na prevenção de recidivas em indivíduos com melanoma.

Segundo a pesquisa, em um período de 18 meses, a vacina personalizada da Moderna e a imunoterapia Keytruda da MSD permitiram que 79% dos pacientes com câncer de pele de alto risco obtivessem a cura.

As empresas estão buscando ampliar suas pesquisas.

No último domingo (16), os pesquisadores responsáveis anunciaram que 62% dos pacientes que se submeteram ao teste obtiveram sucesso na recuperação através da imunoterapia.

Com a participação de 157 indivíduos, a pesquisa apresenta evidências mais robustas acerca dos benefícios dessas vacinas para pacientes com câncer.

Jeffrey Weber, vice-diretor do Perlmutter Cancer Center da NYU Langone Health e investigador sênior do estudo, está muito animado em relação à abertura de uma nova série de testes.

A Moderna e a MSD almejam estender suas investigações a outras variações de tumor, tais como o câncer de pulmão de células não pequenas.

As empresas têm planos de conduzir um estudo mais amplo ainda neste ano, a fim de avaliar a segurança e eficácia da vacina no tratamento de casos de melanoma de alto risco.

[ad_2]

Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *