[ad_1]

– Advertisement –

Québec impôs uma norma diferente para tentar ampliar o número de vacinados contra a Covid-19. Só poderão comprar bebidas alcoólicas ou maconha na província os residentes imunizados.

A exigência válida para a província de Quebec, no Canadá, aumentou de 1,5 mil para mais de 6 mil agendamentos para a vacina por dia. A província, é a 2ª mais populosa do país. Governo agora planeja cobrar imposto de quem não se vacinar.

Clientes fazem fila em frente a loja que vende maconha no Canadá — Foto: Chris Wattie/Reuters

O crescimento aconteceu após o anúncio de restrições na venda de álcool e maconha – que é legalizada para fins recreativos no país desde 2018 – a não vacinados.

A medida passa a valer a partir do dia 18/01, o primeiro-ministro canadense, François Legault, disse, em entrevista nessa terça-feira (11), que a proposta, cujos detalhes ainda estão sendo definidos, não se aplicaria àqueles que não podem ser vacinados por razões médicas.

 

 

💡 | Source by: @calonecosta&cia
👨🏻‍💻 | Story by: @kenbillyfogolin
🎥 | Created by: @creatorholders
🎬 | Produced by : @calonebrasil @calonefilm
📃 | Credits by: @croyalmerchandisers


Grupo Calone®️ Todos os direitos reservados. DBIPro©️ Copyright 2022.

– Publicidade –



[ad_2]

Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *